fbpx

MASTCAM-Z: OS OLHOS DO ROVER PERSEVERANCE | SPACE TODAY TV EP2201

VISITE A LOJA DO SPACETODAY:

https://www.spacetodaystore.com

——————————————————————–

SEJA MEMBRO DO SPACE TODAY E AJUDE COM A CRIAÇÃO DE CONTEÚDO SÉRIA NA ÁREA DE ASTRONOMIA:

https://www.patreon.com/spacetoday

https://apoia.se/spacetoday

https://www.youtube.com/channel/UC_Fk7hHbl7vv_7K8tYqJd5A/join

——————————————————————–

Quando se manda uma missão espacial para explorar qualquer planeta, uma das primeiras perguntas que fazem, é, cadê as imagens?

E vou contar uma coisa para vocês, mesmo as imagens sendo sensacionais, e de alta resolução, muita gente se frustra.

Como eu já falei aqui no canal, tem gente que se frustra com a foto do buraco negro. Fazer o que, não é mesmo.

Quando uma missão é enviada para Marte, a expectativa é a mesma, como serão as imagens que o rover, o lander ou a sonda irá fazer?

Pouco importa os dados que serão coletados, o povo quer imagens, ou imagens, como todo mundo brinca.

Se tudo continuar como o programado, na próxima janela de oposição entre Marte e a Terra, que acontecerá entre julho e agosto de 2020, a NASA irá mandar para Marte o novo rover.

Seu nome, Perseverance, o rover da missão Mars 2020.

Embora ele seja de maneira geral bem parecido com o rover Curiosity, ele é uma versão atualizada.

E quando se fala em atualizada, podemos dizer que as câmeras que ele levará para Marte serão especiais.

Vamos conhecer os Olhos do Perseverance!!!

Se você olhar para a carinha do rover, vai ver que ele tem um grande olho no centro e acima e dois olhos embaixo.

Esse olho grande é a chamada SuperCam, em outro vídeo falarei dela.

Hoje vamos falar dos olhinhos ali embaixo a chamada Mastcam-Z.

O Z no nome da câmera significa zoom, ou seja, é um par de câmeras onde é possível dar um zoom.

Essas câmeras serão usadas para locomover o rover pela superfície marciana.

A ideia inicial era enviar uma câmera com zoom no rover Curiosity, mas isso não época não foi possível.

O Curiosity foi enviado para Marte em 2011, isso quer dizer que a sua tecnologia era do início dos anos 2000, onde não era possível fazer uma câmera com zoom pequena assim para ir acoplada ao rover.

No rover Curiosity, a Mastcam tem uma lente teleobjetiva e uma lente grande angular, as imagens feitas podem ser combinadas para montar uma visão esferográfica, mas para isso são necessárias nove imagens.

No caso do Perseverance esse trabalho será simplificado as duas câmeras podem dar o mesmo nível de zoom e as imagens podem ser combinadas para produzir uma visualização 3D.

Com isso menos dados precisam ser enviados para a Terra para conseguir o resultado.

Além disso, de poder gerar imagens 3D, a Mastcam-Z ajudará os geólogos a escolherem os alvos em Marte para serem estudados.

Outra característica importante é que a Mastcam-Z poderá observar em cores, isso vai fornecer imagens inéditas do solo marciano.

Ela não é um espectrômetro, mas sim uma câmera que observará em cores.

A Mastcam-Z também poderá ser utilizada para observar o Sol e o trânsito dos satélites marcianos na frente da nossa estrela.

As imagens que a Mastcam-Z irá enviar da Cratera Jezero serão espetaculares.

E As imagens estarão abertas ao público , para que eles possam processar e montar as vistas como quiser, mais ou menos, o que acontece com as imagens da JunoCam, da sonda Juno.

A ansiedade só aumenta, e a expectativa nessas imagens também.

A partir de fevereiro de 2021, Marte não será mais o mesmo para nós.

Fonte:

https://www.jpl.nasa.gov/news/news.php?feature=7657

#PERSEVERANCE #NASA #SPACETODAY

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .