fbpx

Mapeando As Variações Espectrais em Mercúrio com o Instrumento MSCS da Sonda MESSENGER


O instrumento chamado de Mercury Atmospheric and Surface Composition Spectrometer ou MASCS, coleta espectros desde o ultravioleta até o infravermelho próximo. Na imagem acima estão observações individuais do MASCS feitas no primeiro dia em órbita da sonda MESSENGER ao redor de Mercúrio mapeados sobre um mosaico de imagens obtidas com o Mercury Dual Imaging System, ou MDIS da sonda MESSENGER. As variações espectrais mais fortes observadas pelo MASCS estão em comprimentos de onda ultravioleta. Nessa composição de cores, o vermelho é 575 nm reflectância, o verde é a inclinação espectral (ou seja, uma medida do aumento da refletância com comprimento de onda cada vez maior) do visível ao infravermelho próximo, e o azul é uma relação de inclinações espectrais (do ultravioleta / inclinação visível sobre a inclinação visível / infravermelho próximo). Esta combinação, em especial as faixas azul-roxo–rosa, indicam as áreas onde as variações ultravioleta correlacionam-se com características geológicas de Mercúrio.

Fonte:

http://messenger.jhuapl.edu/gallery/sciencePhotos/image.php?page=2&gallery_id=2&image_id=664


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .