Mapeando a Superfície de Mercúrio Com Cores

Em adição ao mapa base de morfologia da superfície de Mercúrio, o instrumento MDIS da sonda MESSENGER está atualmente adquirindo um mapa base colorido, durante os primeiros 176 dias de sua missão na órbita de Mercúrio. O mapa base colorido é composto de imagens feitas pela câmera WAC da sonda através de 8 diferentes tipos de filtros coloridos de banda curta e irá cobrir mais de 90% da superfície de Mercúrio com uma resolução média de 1 km/pixel. Em contraste com as condições de imageamento usadas para obter dados sobre a topografia de Mercúrio, as imagens coloridas de melhor qualidade são obtidas quando tanto a sonda como o Sol estão sobre um determinado ponto do planeta onde a sombra é mínima. Os oito diferentes filtros da câmera WAC que são usados para criar o mapa colorido de Mercúrio possuem os seguintes comprimentos de onda centrais: 430, 480, 560, 630, 750, 830, 900 e 1000 nm. As imagens adquiridas através desses filtros de banda curta são combinadas para criar imagens coloridas que acentuam as diferenças de cores na superfície de Mercúrio. Um exemplo desse tipo de imagem colorida é mostrado acima, e foi criado usando três imagens adquiridas como parte do projeto de se construir um mapa base colorido com os comprimentos de ondas centrais de 1000, 750 e 430 nm, que são mostrados respectivamente em vermelho, verde e azul. A cratera raiada brilhante que aparece na imagem é a cratera Snorri com 21 km de diâmetro.

Fonte:

http://messenger.jhuapl.edu/gallery/sciencePhotos/image.php?page=2&gallery_id=2&image_id=499

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo