fbpx

Mais Explicações Sobre o Bóson de Higgs

Os físicos trabalhando no Grande Colisor de Hádrons, o LHC, na Suíça observaram evidências de uma nova partícula subatômica. Embora muitas evidências apontem para que essa partícula seja o famoso Bóson de Higgs, pesquisas ainda serão realizadas para determinar com maior precisão se essa é realmente a partícula, uma partícula que é famosa por ser responsável de dar à matéria, massa.

No chamado Modelo Padrão da física, a matéria é feita de pequenas partículas chamadas de férmions (incluindo os quarks e os léptons). Forças como o eletromagnetismo são carregadas pelos bósons.

Os físicos usam campos eletromagnéticas para acelerar feixes de prótons, que circulam no LHC a uma velocidade próxima da velocidade da luz. Isso dá aos prótons uma enorme energia cinética. Em um determinado momento, os feixes são liberados e se colidem, e onde os prótons colidem, sua energia é liberada. Novas partículas, algumas delas de vida muita curta são formadas nessa liberação de energia.

Como Albert Einstein descobriu, a massa pode ser definida como uma quantidade de energia. As massas das partículas subatômicas são dadas pela quantidade de elétrons volts, ou seja, a energia de um único elétron acelerado pela diferença de potencial de um volt. A partícula recém descoberta, que possivelmente é o Bóson de Higgs, foi descoberta como tendo uma massa de aproximadamente 125 bilhões de elétron volts. Outras partículas, como os fótons, não têm massa.

Fonte:

http://www.livescience.com/21413-higgs-boson-explained.html

 

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .