M81 Versus M82

m81-82_flux_ederL


observatory_150105Aqui na nossa galáxia, a Via Láctea, nós temos cadeiras astronômicas de primeira fila para o face a face de M81 e M82, a meros 12 milhões de anos-luz de distância. Travadas em uma batalha gravitacional pelos últimos bilhões de anos ou algo assim, as duas brilhantes galáxias são capturadas nesta profundo instantâneo telescópico, construído a partir de 25 horas de dados de imagens. O encontro de perto mais recente entre as duas provavelmente resultou no crescimento dos braços espirais da M81 (à esquerda) e em regiões de formação de estrelas tão energéticas na M82 que a galáxia brilha em raios-X. Depois de repetidas passagens, dentro de alguns bilhões de anos apenas uma galáxia permanecerá. Da nossa perspectiva, esse momento cósmico é visto através de um véu em primeiro plano das estrelas e nuvens de poeira da Via Láctea. Refletindo fracamente a luz das estrelas de primeiro plano, as difusas nuvens de poeira são cirros galáticos relativamente inexplorados, ou nebulosas de fluxo integrado, a apenas algumas centenas de anos-luz acima do plano da Via Láctea.

Fonte:

http://apod.astronomos.com.br/apod.php?lk=ap130925.html


alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo