fbpx

M8 – Nebulosa da Lagoa

Essa linda nuvem cósmica é uma popular parada quando se faz um turismo telescópico na constelação de Sagitário. O turista cósmico do século 18, Charles Meesier catalogou a brilhante nebulosa como M8. Nos dias de hoje os astrônomos conhecem a Nebulosa da Lagoa como um berçário estelar ativo localizada a aproximadamente 5000 anos-luz de distância na direção do centro da Via Láctea. Feições de destaque podem ser observadas nessa imagem de alta resolução aqui reproduzida mostrando os filamentos da Lagoa de gás brilhante e nuvens de poeira negra. Contorcendo próximo ao centro da Lagoa, a forma brilhante de ampulheta é o resultado turbulento de extremos ventos estelares e intensa luz de estrelas. Essa imagem verdadeiramente encantadora é uma composição colorida que utiliza tanto imagens de banda larga como de banda estreita capturadas enquanto que a M8 brilhava nos céus escuros do Chile. Essa imagem registra a Lagoa com uma cor mais azulada do que normalmente é registrada em imagens onde o que domina é a luz vermelha das regiões de emissão de hidrogênio. Na distância estimada da nebulosa, a imagem se espalha por um comprimento de 30 anos-luz.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap100805.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .