La Silla Estrelada

A imagem aqui reproduzida mostra as estrelas rodando ao redor do pólo celeste sul durante uma noite no Observatório de La Silla do ESO no norte do Chile. As partes nebulosas no rastro de estrelas à direita na imagem se devem a presença das Nuvens de Magalhães, duas pequenas galáxias vizinhas da Via Láctea. O domo visto na imagem abriga o telescópio de 3.6 metros do ESO e é o lar do HARPS (High Accuracy Radial velocity Planet Searcher), o maior caçador de exoplanetas existente no mundo. A construção retangular vista no canto inferior direito da imagem contém o telescópio TAROT de 0.25 metros, desenvolvido para reagir rapidamente quando uma explosão de raios-gamma é identificada. Outros telescópios em La Silla são o telescópio de 2.2 metros MPG/ESO, e o Telescópio de Nova Tecnologia de 3.58 metros, o primeiro telescópio a usar uma óptica ativa e o pioneiro do sistema hoje empregado nos modernos telescópios grandes. La Silla foi o primeiro local de observação do ESO e ainda é um dos melhores observatórios do hemisfério sul.

Fonte:

http://www.eso.org/public/images/potw1043a/?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo