James Webb Termina O Último Teste Térmico no Vácuo E Tudo Caminha Para o Lançamento Em 2021

O Telescópio Espacial James Webb da NASA terminou com sucesso mais um teste crítico, e fazendo com que se torne realidade, se tudo correr bem, o seu lançamento em 2021. A parte do telescópio espacial chamada de spacecraft passou pelo teste térmico no vácuo significando que se tem a garantia que o equipamento irá funcionar eletronicamente no vácuo do espaço, e irá aguentar as extremas variações de temperatura que ele encontrará durante a missão.

Essa metade do James Webb, conhecida como spacecraft elemento, completou esse teste nas instalações da Northrop Grumman, o principal parceiro comercial da missão em Los Angeles. A outra metade do James Webb, consiste do telescópio e de seus instrumentos científicos, e essa parte já havia passado por esse mesmo teste térmico no vácuo, só que Johnson Space Center da NASA, em Houston, antes de ser levado para as instalações da Northrop Grumman em 2018.

Nesse teste mais recente, os técnicos e engenheiros, trancaram o James Webb dentro de uma câmara especial térmica onde criaram o vácuo. A equipe drenou a atmosfera do interior da sala para reproduzir o vácuo do espaço e expôs o spacecraft element do James Webb a grandes variações de temperatura de -148 graus Celsius até 102 graus Celsius. Essa variação de temperatura garante que a nave irá sobreviver às extremas condições que irá experimentar no espaço.

O chamado spacecraft elemento, consiste do que chamamos de bus, que é o equipamento que basicamente voa o telescópio pelo espaço e do revolucionário escudo de calor do James Webb composto de cinco camadas do tamanho de uma quadra de tênis que irá manter os instrumentos e a óptica sensível do James Webb na sombra, garantindo uma temperatura super fria para que o telescópio posso operar da melhor maneira possível. O spacecraft element é imperative para o sucesso dos objetivos científicos do James Webb e por isso precisa ser testado e validado para o voo.

Com esse teste térmico no vácuo completo, todos os componentes do James Webb já foram expostos a essas terríveis e variadas condições que encontrarão durante o lançamento, e enquanto estiver na órbita a cerca de 1.5 milhão de quilômetros da Terra.

“As equipes da Northrop Grumman e do Goddard Space Flight Center da NASA devem ser elogiadas devido sucesso do teste térmico no vácuo dedicando longas horas para chegarmos onde estamos agora”, disse Jeanne Davis, gerente de programa para o Programa do Telescópio Espacial James Webb. “Essa incrível realização pavimenta o caminho para o próximo marco da missão, que é integrar os elementos da nave e do telescópio”.

Os próximos passos serão integrar ambas as partes do James Webb para formar então um conjunto totalmente montado e assim completar a rodada final de testes, avaliações e serviços antes do lançamento. Uma implementação completa do spacecraft element irá verificar que o James Webb está pronto para proceder até o local de lançamento.

O Telescópio Espacial James Webb será o principal observatório espacial científico do mundo. O James Webbb irá resolver os mistérios no nosso sistema solar, irá observar os mundos distantes ao redor de outras estrelas, e pesquisar as misteriosas estruturas e as origens do nosso universo e o nosso lugar nele. O James Webb é um projeto internacional liderado pela NASA em parceria com a ESA e a CSA.

Para mais informações sobre o James Webb, visite:

 www.nasa.gov/webb

Fonte:

https://www.nasa.gov/feature/goddard/2019/nasa-s-james-webb-space-telescope-emerges-successfully-from-final-thermal-vacuum-test

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.