Inundação Proposital no Mississippi Mostra o Poder das Imagens ASTER no Monitoramento da Superfície da Terra

O U.S. Army Corps of Engineers detonou explosivos na barragem de Birds Point perto de Wyatt, no estado americano do Missouri, no dia 2 de Maio de 2011, às 10:02 p.m.. A água proveniente dessa detonação intencional inundou uma área de 130000 acres. Duas outras barragens foram detonadas no dia 3 de Maio e no dia 5 de Maio de 2011. Essa imagem, foi feita pelo Advanced Thermal Emission and Reflection Radiometer (ASTER) instrumento que viaja a bordo do satélite Terra da NASA e mostra a inundação resultante das fazendas localizadas a oeste do estado americano do Mississippi, 32 km ao sul da barragem. Na imagem, a vegetação é mostrada em vermelho, campos em cinza e a água em azul. A imagem cobre uma área de 49.5 x 63 km e está localizada nas coordenadas 36.5?N e 89.4?W.

Com suas 14 bandas espectrais que vão desde o visível até o infravermelho termal, e com a sua alta resolução espacial de 15 a 90 metros, as imagens ASTER feitas da Terra servem para mapear e monitorar as mudanças ocorridas na superfície do nosso planeta. O ASTER é um dos cinco instrumentos de observação da Terra lançados em 18 de Dezembro de 1999 no satélite Terra. O instrumento foi construído pelo Ministério da Economia, Indústria e Comércio do Japão. Uma equipe conjunta entre o Japão e os EUA é a responsável por validar e calibrar os dados e produtos obtidos pelo instrumento.

A grande cobertura espectral e a alta resolução espacial do ASTER fornecem aos cientistas em numerosas disciplinas informações críticas  para mapear e monitorar as condições dinâmicas e temporais das mudanças na Terra. Entre os exemplos de aplicação do ASTER estão, o monitoramento do avanço e da retração de geleiras, o monitoramento da atividade vulcânica, a identificação de colheitas, determinação da morfologia e das propriedades físicas das nuvens, a avaliação de terras úmidas, o monitoramento da poluição térmica, a degradação de recifes de coral, o mapeamento da temperatura do solo e da geologia, e a medida do balanço de calor na superfície da Terra.

Fonte:

http://www.nasa.gov/multimedia/imagegallery/image_feature_1942.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo