fbpx

Imagens de Brilho Aparente e de Topografia da Divalia Fossa e das Crateras Rubria e Occia em Vesta

A imagem acima a esquerda foi feita pela câmera de enquadramento da sonda Dawn e mostra o brilho aparente da superfície do asteroide Vesta. Já a imagem da direita usou como base a imagem de brilho aparente, mas foi colorida de modo que as diferentes cores representassem a elevação das feições topográficas na superfície do asteroide. A topografia é calculada a partir de um conjunto de imagens obtidas de diferentes direções de observação que permitem a sua construção estereográfica. As várias cores, representam as diferentes elevações, sendo que as cores branca e e vermelha indicam as áreas mais altas, enquanto que a cor azul representa as regiões mais baixas do objeto. Essas imagens mostra parte de um grande vale localizado no asteroide, a Divalia Fossa, que circula grande parte da região equatorial do asteroide Vesta. A Divalia Fossa é visível tanto na imagem de brilho aparente como na imagem de topografia. Ela tem aproximadamente 10 quilômetros de largura que corta a imagem do canto esquerdo para o canto direito. O topo da crista da Divalia Fossa é especialmente claro na imagem de topografia. Um grande número de vales menores acima e abaixo da Divalia Fossa também podem ser observados. As crateras Rubria e Occia acertaram em cheio a Divalia Fossa: a cratera Rubria é a cratera com material claro e escuro acima da Divalia Fossa e a Occia é a cratera com material claro e escuro abaixo da Fossa.

As imagens acima mostram uma região do asteroide Vesta localizada no chamado Quadratne Gegania, localizado um pouco ao sul do equador do asteroide. A sonda Dawn da NASA obteve a imagem de brilho aparente, reproduzida acima com sua câmera de enquadramento e através de seu filtro limpo, no dia 16 de Outubro de 2011. A distância entre a sonda Dawn e a superfície do asteroide no momento da imagem era de 700 quilômetros o que dá para a imagem uma resolução de 70 metros por pixel. Essa imagem foi adquirida durante a chamada fase HAMO, High Altitude Mapping Orbit, da missão da sonda Dawn em Vesta. As imagens foram projetadas em mapa usando a projeção lambert-azimutal.

Fonte:

http://dawn.jpl.nasa.gov/multimedia/imageoftheday/image.asp?date=20120711

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .