fbpx
25 de fevereiro de 2024

Imagem da Sonda Dawn Mostra a Topografia da Região Polar Sul Do Asteroide Vesta – Parte I


Essas imagens feitas com a câmera de enquadramento da sonda Dawn mostram parte da bacia polar sul do asteroide Vesta. Uma grande escarpa, é visível na parte superior direita das imagens, na parte central da imagem pode-se ver ondulações do terreno e na parte inferior das imagens é possível ver um complexo de montanhas.

A imagem da esquerda é uma imagem de albedo, que é feita diretamente através do filtro limpo da câmera de enquadramento da sonda Dawn. Essa imagem mostra então o albedo do asteroide, que nada mais que a razão entre o que é brilhante e escuro na superfície do objeto. A imagem da direita usa a mesma imagem de albedo como base mas então colore as feições de acordo com a topografia do objeto. As várias cores correspondem às diferentes alturas encontradas no asteroide. Por exemplo, a cor branca na parte superior esquerda da imagem à direita é uma área mais alta que aquelas coloridas de azul na parte inferior direita dessa imagem.

A escarpa e a área ao seu redor representam algumas das regiões mais altas dessa imagem. Então pode-se ver uma região colorida de azul representando uma depressão entre a escarpa e a região de montanha. Essa região de montanha apresenta uma coloração verde que representa uma altura entre a depressão e a escarpa. A topografia é calculada a partir de um conjunto de imagens que foram observadas a partir de diferentes pontos de vista, a esse conjunto de imagens se dá o nome de imagens estereográficas.

A sonda Dawn da NASA obteve a imagem de albedo com a sua câmera de enquadramento no dia 11 de Agosto de 2011. Essa imagem, como já mencionado foi feita com o filtro limpo da sonda. A distância da sonda Dawn até a superfície do asteroide Vesta no momento da imagem era de 2740 km e a resolução da imagem é de 250 metros por pixel. As imagens são projetadas usando a projeção de mapas conhecida como lambert-azimutal.

Fonte:

http://photojournal.jpl.nasa.gov/catalog/PIA15011


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo