fbpx

Imagem da Lua Mostra Série de Relíquias Interessantes


Se metade do anel da Montanhas Riphaeus não estivesse nessa imagem seria difícil dizer de que parte da Lua se tratava tal foto. Nesta área do sul do Oceanus Procellarum os mares de lavas são finos e muitos deles sobreviventes de tempos anteriores à sua projeção. O que aparece mais proeminente na imagem são as Montanhas Riphaeus, elas representam a borda ocidental de uma cratera de diâmetro de cerca de 225 km de diâmetro, cuja área do pico central é marcada pela cordilheira curta e brilhante no centro-direita. A lava dentro desta estrutura antiga é o Mare Cognitum, onde a sonda Ranger 7 chocou-se contra a superfície lunar. Outra antiga e inundada cratera remanescente é parcialmente limitada pela parte norte das Riphaeus, uma vez conhecida como Montanhas Boreus, e a cadeia de curvas, a oeste, outrora conhecidos como os Urais. Esta cratera remanescente tem uma denominação, se chama Euclides P. Um terceiro e belo meio anel é preservado na parte inferior esquerda – a pequena cadeia de montanha no leste (à direita na imagem) difere e parece ser muito mais a leste para que seja um anel circular perfeito. Outro tipo de relíquia de paisagem é representada pelas manchas brilhantes e cheias de crateras, como perto do lado direito inferior da imagem. Isso é chamado de kipuka, um terreno vulcânico pré-existente que foi cercado por lavas mais jovens. Mais dois pedaços estão ao longo da parte mais ao norte das montanha Riphaeus, um é uma área ligeiramente arqueado apenas ao oeste de Boreus que é cortado por um pequeno segmento de um canal linear, com segmentos mais estreitos de canais perto das Montanhas Boreus. O outro kipuka é adjacente à Euclides e tem consideravelmente mais cavidades de impacto do que as lavas circundante. A maioria destes kipukas são do tipo manchas vermelhas, um lava de composição distinta daquelas que normalmente preenchem os mares da Lua. Pode-se também procurar por numerosas protuberâncias vulcânicas nessa área e observar na parte central superior da imagem outro canal curto. Realmente essa é uma grande e bela imagem de uma interessante porção da Lua.

Fonte:

https://lpod.wikispaces.com/October+23%2C+2011


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .