fbpx

IC 4628 – A Nebulosa do Camarão

Ao sul da estrela Antares, na cauda da constelação Scorpius, rica em nebulosas, localiza-se a nebulosa de emissão IC 4628. Estrelas quentes, massivas e próximas, milhões de anos mais jovens, irradiam a nebulosa com luz ultravioleta invisível, arrancando elétrons dos átomos. Os elétrons eventualmente se recombinam com os átomos para produzir o brilho nebular visível, dominado pela emissão vermelha do hidrogênio. Numa distância estimada de 6000 anos-luz, a região mostrada acima tem aproximadamente 250 anos-luz de extensão, e se espalha por uma área equivalente a quatro luas cheias no céu. A nebulosa é também catalogada como Gum 56 pelo astrônomo australiano Colin Stanley Gum, mas os astrônomos amantes de frutos do mar conhecem essa nuvem cósmica como a Nebulosa do Camarão.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap120907.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .