Hubble Registra Mais Uma Bela Nebulosa Planetária – Um Olho Celestial

Essa bela imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA mostra a nebulosa planetária conhecida como NGC 3918, uma brilhante nuvem de gás colorido na constelação de Centaurus, a cerca de 4900 anos-luz de distância da Terra.

No centro da nuvem de gás, e completamente diminuída pela nebulosa, estão os restos mortais de uma estrela gigante vermelha. Durante a fase convulsiva final, na evolução dessas estrelas, imensas nuvens de gás são ejetadas da superfície da estrela antes que ela saia do casulo como uma anã branca. A intensa radiação ultravioleta dessa diminuta remanescente estelar faz com que o gás ao redor brilhe como uma luz fluorescente. Essas extraordinárias e coloridas nebulosas planetárias estão entre os objetos mais dramáticos do céu noturno, e as vezes possuam estranhas e irregulares formas, que não são ainda totalmente explicadas.

A forma distinta de um olho da NGC 3918, com um brilhante concha interna de gás e uma concha mais externa, mais difusa que se estende para bem longe da nebulosa, se parece como se fosse o resultado de duas ejeções separadas de gases. Mas esse de fato não é o caso: estudos desse objeto sugerem que essas conchas se formaram quase ao mesmo tempo, mas estão sendo sopradas da estrela a diferentes velocidades. Os poderosos jatos de gás emergindo da parte final da estrutura maior são estimados que estão viajando a cerca de 350 mil quilômetros por hora.

Pelos padrões dos fenômenos astronômicos, as nebulosas planetárias como a NGC 3918, têm uma vida muito curta, durando poucas dezenas de milhares de anos.

A imagem acima é uma composição de imagens feitas na luz visível e no infravermelho próximo com a Wide Field and Planetary Camera 2 do Hubble.

Crédito: ESA/Hubble and NASA
Texto: European Space Agency (ESA)

Fonte:

https://www.nasa.gov/image-feature/goddard/2018/a-piercing-celestial-eye-stares-back-at-hubble
Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.