fbpx

Hubble Mede Com Precisão Distância Até Aglomerado Globular – Space Today TV Ep.1182

Uma das medidas mais importantes usada na astronomia é a medida de distância até um determinado objeto.

E posso garantir para vocês, se ter uma medida precisa até determinados objetos não é algo muito fácil e nem trivial.

Para se medir distâncias no universo, existem diferentes métodos que são aplicados dependendo do objeto que se está observando.

Um dos métodos mais antigos é a chamada paralaxe trigonométrica.

Basicamente se mede ângulos entre o observador e o objeto, mudando o observador de posição, é o famoso experimento de colocar o dedo na frente do nariz, então por meio de trigonometria é possível calcular a distância entre o observador e o objeto.

Até aí tudo bem, é até simples, e o Iberê do Manual do Mundo até fez um vídeo onde ele construiu um instrumento para medir a paralaxe, o princípio é esse mesmo, fácil de se entender.

Mas no universo, os astrônomos precisam da distância medida com muita precisão para que essa medida possa ser usada posteriormente, então eles tentam medir ângulos cada vez menores e com maior precisão possível.

Quando um objeto tem sua distância estimada com precisão ele pode ser usado como uma verdadeira régua para outras medidas, e assim, modelos de formação e evolução de estrelas e galáxias, modelos que regem o próprio universo podem ser testados com maior precisão e com um resultado significativo.

Pensando nisso, um grupo de pesquisadores, utilizou o Telescópio Espacial Hubble, para fazer esse tipo de medida de um aglomerado globular de estrelas.

O aglomerado escolhido foi o NGC 6397. Os pesquisadores usaram o Hubble, e o movimento da Terra ao redor do Sol para aplicar a paralaxe trigonométrica.

Eles mediram 40 estrelas existentes no aglomerado a cada 6 meses por 2 anos e obtiveram a distância até o aglomerado de 7800 anos-luz com 3% de incerteza, o que é até agora a melhor medida de distância já feita até um aglomerado globular.

Até o momento as melhores medidas de distância para esse aglomerado eram feitas usando a luminosidade e a cor das estrelas e aplicando modelos teóricos, o que dava uma medida com entre 10 e 20 por cento de incerteza, desse modo, todos os outros modelos que usavam esse aglomerado acumulavam mais erros e as conclusões não podiam ser assertivas.

Com essa medida precisa feita agora e pelo fato desse ser um aglomerado antigo da Via Láctea, com seus 13.4 bilhões de anos de vida, os pesquisadores, podem ancorar seus modelos astrofísicos e cosmológicos nesse aglomerado e obter resultados mais precisos para uma série de outros experimentos.

Novamente, o Hubble mostrando todo o seu valor!!!

Vídeo do Manual do Mundo:

https://www.youtube.com/watch?v=gFCfDmZcUH4

Fonte:

http://hubblesite.org/news_release/news/2018-24

Artigo:

http://imgsrc.hubblesite.org/hvi/uploads/science_paper/file_attachment/320/Brown_published_ApJL_paper.pdf

Padrim do Space Today Para a Volta das Lives!!!

https://www.padrim.com.br/spacetoday

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Seja um apoiador do Space Today:

https://apoia.se/spacetoday

=====================================================

Conheça a Agência Marcos Pontes e torne o seu sonho de conhecer o ESO em realidade:

http://www.agenciamarcospontes.com.br

http://www.agenciamarcospontes.com.br/visita-observatorios-telescopios-eso-atacama-viagem.php

=====================================================

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Apoio e apresentação:

http://deviante.com.br

A nova casa do SciCast

=====================================================

Science Vlogs Brasil:

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/featured

http://scienceblogs.com.br/sciencevlogs/

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/channels?view=60

=====================================================

Meus contatos:

BLOG: https://spacetoday.com.br

FACEBOOK: http://www.facebook.com/spacetoday

TWITTER: http://twitter.com/spacetoday

YOUTUBE: http://www.youtube.com/spacetodaytv

Obrigado pela audiência e boa diversão!!!

=====================================================

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .