Hubble Fotografa Netuno em Homenagem a Sua Primeira Volta ao Redor do Sol Desde a Sua Descoberta

Netuno gira ao redor do seu eixo uma vez a cada 16 oras. Desse modo, as 4 imagens acima separadas por um intervalo de 4 horas cobrem um dia completa do gigante gasoso mais distante do Sistema Solar. Essas imagens foram registradas pelo Telescópio Espacial Hubble no final do mês de Junho de 2011 e combinam exposições feitas com filtros da luz visível e do infravermelho próximo para mostrar as nuvens de alta altitude compostas de cristais de gelo de metano e que se destacam contra o fundo azulado de Netuno. Pelo fato do eixo de rotação de Netuno ser inclinado em relação ao seu plano orbital de 29 graus, na Terra a inclinação é de 23.5 graus, Netuno possui estações do ano como na Terra. À medida que o verão começa no hemisfério sul de Netuno e o inverno no hemisfério norte as observações feitas com o Hubble mostram as atividades das nuvens derivando para o hemisfério norte. De fato a progressão das estações de Netuno completa um ciclo agora, desde que a sua posição foi prevista pelo matemático francês Urbain Le Verrier e pelo matemático britânico John Couch Adams e o planeta foi posteriormente descoberto pelo astrônomo alemão Johann Galle em 23 de Setembro de 1846. Com um período orbital de aproximadamente 165 anos, o dia 12 de Julho de 2011 marcou o momento em que Netuno completou uma volta ao redor do Sol, desde o momento da sua descoberta.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap110714.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.