fbpx
27 de fevereiro de 2024

Hubble Espia Galáxia Estranha Escolhida Pelo Público!!!

Essa bela imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble mostra a galáxia conhecida como CGCG 396-2, uma galáxia incomum com múltiplos braços que na verdade é o resultado de uma fusão de outras galáxias e que está localizada a cerca de 520 milhões de anos-luz de distância da Terra, na direção da constelação de Orion.

Essa observação foi retirada no projeto conhecido como Galaxy Zoo, um projeto de ciência cidadã, onde centenas de milhares de voluntários classificam galáxias para ajudar os cientistas a resolverem um problema de dimensão astronômica, como analisar a quantidade exorbitante de dados gerados atualmente por telescópios espalhados pelo mundo todo e também no espaço. Depois de passar por uma votação pública os objetos selecionados como sendo os mais intrigantes, observados no Galaxy Zoo foram então observados pelo Telescópio Espacial Hubble. A CGCG 396-2 é um desses objetos e a imagem acima foi feita pela Advanced Camera for Surveys do Hubble.

O projeto Galaxy Zoo teve sua origem quando um astrônomo se deparou com uma tarefa humanamente impossível, classificar mais de 900 mil galáxias no olho. Ele então resolveu criar uma plataforma web e convidou cientistas cidadãos para contribuir com esse desafio, a equipe do Galaxy Zoo fez o trabalho, trocou informações, e assim em 6 meses, uma legião de 100 mil voluntários já tinham contribuído para classificar mais de 40 milhões de galáxias.

O Galaxy Zoo produziu e produz muita ciência também, mais de 100 artigos científicos revisados por pares já foram publicados levando a uma grande quantidade de descobertas que vai muito além da ideia original do projeto. O sucesso do Galaxy Zoo, levou à criação do Zoouniverse, onde é possível encontrar projetos no mesmo esquema do Galaxy Zoo mas em todas as áreas do conhecimento, desde a astronomia até história e arte.

Fonte:

https://esahubble.org/images/potw2227a/

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo