HELICÓPTERO MARCIANO É ACOPLADO AO ROVER DA MISSÃO MARS 2020

Os engenheiros acoplaram o Mars Helicopter da NASA, que será a primeira nave a voar em outro planeta, ao rover da missão Mars 2020, no dia 28 de Agosto de 2019, na sala limpa High Bay 1 no Jet Propulsion Laboratory em Pasadena, na Califórnia.
O helicóptero com dois rotores e que funciona a energia solar foi conectado, juntamente com o Mars Helicopter Delivery System, a uma placa no rover que inclui uma cobertura para proteger o helicóptero de detritos durante a entrada, a descida e o pouso na superfície marciana. O helicóptero permanecerá encapsulado depois do pouso do rover, e só será liberado depois de uma avaliação da área, para então conduzir voos de teste na Cratera Jezero, onde o rover da missão Mars 2020 irá pousar.
O Mars Helicopter é considerado uma demonstração de tecnologia de alto risco e de alta recompensa. Se a pequena aeronave encontrar dificuldades, os experimentos científicos da missão Mars 2020 não serão impactados. Já, caso o helicóptero realize com precisão os voos e as missões para as quais foi designado, futuras missões para Marte poderão levar uma segunda geração de helicópteros para aí sim adicionar uma dimensão aérea nas explorações científicas do planeta Marte.
“Nosso trabalho é provar que o voo autônomo, controlado pode ser realizado na atmosfera extremamente fina de Marte”, disse MiMi Aung o gerente de projeto do Mars Helicopter no JPL. “Como o nosso helicóptero está sendo mandado para Marte para testar a tecnologia de voo de forma experimental ele não está levando nenhum instrumento científico . Mas se ele provar que helicópteros marcianos podem voar tranquilamente em Marte, no futuro eles podem ter um papel importante na exploração do Planeta Vermelho”.
Juntamente com a investigação de locais de difícil acesso como desfiladeiros, cavernas e crateras profundas, eles podem levar pequenos instrumentos científicos e agir como escolta para exploradores humanos e robóticos. A agência pretende estabelecer uma presença sustentável na Lua e ao redor do nosso satélite com a missão Artemis, e usar a Lua como um passo para chegarmos a Marte.

Com a instalação do Mars Helicopter, pôde-se dizer que todas as peças do rover da missão Mars 2020 estão no lugar, juntos, o rover da missão Mars 2020, e o seu helicóptero irão ajudar a definir o futuro da ciência e da exploração do Planeta Vermelho por muitas décadas.
O rover da missão Mars 2020, juntamente com o Mars Helicopter serão lançados para o Planeta Vermelho a bordo do foguete Atlas V da ULA em Julho de 2020, desde o Space Launch Complex 41 em Cabo Canaveral na Flórida. Em 18 de Fevereiro de 2021, o rover deve pousar em Marte e quando isso acontecer ele será o primeiro a poder reavaliar o local de pouso durante a sequência de descida antes de tocar o solo marciano.
O JPL está construindo e irá gerenciar as operações do rover da missão Mars 2020 e do Mars Helicopter para a NASA. O Launch Services Program da NASA, com base no Kennedy Space Center na Flórida, será responsável pelo gerenciamento do lançamento. A empresa Lockheed Martin Space foi a fornecedora do Mars Helicopter Delivery System.
Você ainda pode submeter seu nome para Marte a bordo do rover da missão Mars 2020, até o dia 30 de Setembro de 2019, basta acessar:
Para maiores informações sobre a missão, visite:
Para maiores informações sobre as missões marcianas da NASA, visite:
Fonte:

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo