Grupos, Aglomerados e Superaglomerados de Galáxias

Galaxies may seem lonely, floating alone in the vast, inky blackness of the sparsely populated cosmos — but looks can be deceiving. The subject of this Picture of the Week, NGC 1706, is a good example of this. NGC 1706 is a spiral galaxy, about 230 million light-years away, in the constellation of Dorado (The Swordfish). NGC 1706 is known to belong to something known as a galaxy group, which is just as the name suggests — a group of up to 50 galaxies which are gravitationally bound and hence relatively close to each other. Around half of the galaxies we know of in the Universe belong to some kind of group, making them incredibly common cosmic structures. Our home galaxy, the Milky Way, belongs to the Local Group, which also contains the Andromeda Galaxy, the Large and Small Magellanic Clouds, and the Triangulum Galaxy. Groups are the smallest of galactic gatherings; others are clusters, which can comprise hundreds of thousands of galaxies bound loosely together by gravity, and subsequent superclusters, which bring together numerous clusters into a single entity.

Galáxias podem parecer solitárias, vagando sozinhas pelo espaço na vastidão escura e pouco povoada do cosmos, mas isso pode não ser bem assim. A foto acima mostra a galáxia, conhecida como NGC 1706. Essa é uma galáxia espiral localizada a aproximadamente 230 milhões de anos-luz de distância da Terra, na direção da constelação de Dorado.

A NGC1706, pertence a uma entidade que os astrônomos chamam de grupo de galáxias, que, como o nome sugere, nada mais é que um agrupamento de galáxias, no caso dessa, cerca de 50 galáxias constituem o grupo. No grupo de galáxias, os membros estão unidos pela gravidade e relativamente próximos uns dos outros. Cerca de metade das galáxias do universo conhecido pertencem a algum grupo de galáxias, fazendo desses grupos estruturas muito comuns. A nossa galáxia, por exemplo, a Via Láctea, pertence ao chamado Grupo Local, que também faz parte, a Galáxia de Andrômeda, a Grande Nuvem de Magalhães, a Pequena Nuvem de Magalhães, e a Galáxia do Triângulo.

Grupos são os menores agrupamentos de galáxias conhecidos, os outros são, os aglomerados, que podem ter entre centenas e milhares de galáxias, todas elas presas pela gravidade e na sequência os superaglomerados que na verdade é quando aglomerados de galáxias se unem numa única entidade cósmica.

Crédito:

ESA/Hubble & NASA, A. Bellini et al.

Fonte:

https://www.spacetelescope.org/images/potw1943a/
Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo