fbpx

Foto Mostra As Nebulosas NGC 6188 e NGC 6164

Formas fantástica se escondem nas nuvens de gás hidrogênio brilhante na NGC 6188. A nebulosa de emissão pode ser encontrada próxima da borda de uma grande nuvem molecular, invisível no comprimento de onda da luz visível, na constelação do sul Ara, a aproximadamente 4000 anos-luz de distância da Terra. Estrelas jovens massivas da associação mergulhada AraOB1 foram formadas nessa região somente a poucos milhões de anos atrás, esculpindo as formas escuras e energizando o brilho da nebulosa com ventos estelares e intensa radiação ultravioleta. A recente formação de estrelas propriamente dita foi provavelmente disparada pelos ventos e por explosões de supernovas, de gerações anteriores de estrelas massivas, que varreram e comprimiram o gás molecular. Acompanhando a NGC 6188 nessa pintura cósmica, está a rara nebulosa de emissão, NGC 6164, também criada por uma das estrelas massivas do tipo O da região. Similar em aparência com muitas nebulosas planetárias, o destaque da NGC 6164 é a mortalha gasosa simétrica e o halo apagado ao redor de sua estrela brilhante central localizada na parte superior direita. O campo de visão dessa imagem se expande por uma área equivalente a duas luas cheias, correspondendo a 70 anos-luz considerando a distância estimada da NGC 6188.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap110728.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .