Está Chovendo em Titã

Está chovendo em Titã. De fato, está chovendo metano no satélite Titã e isso não é uma brincadeira de 1 de Abril. A cena quase que familiar representada nessa visão artística da superfície da maior lua de Saturno mostrando uma paisagem erodida com um céu carregado de tempestade é provavelmente o que está se passando nesse longínquo mundo agora.  Esse cenário é consistente com as tempestades sazonais que temporariamente escurecem a superfície de Titã ao longo da região equatorial da lua, como pôde ser observado pelos instrumentos a bordo da sonda Cassini da NASA. Claro que na congelante Titã, com a temperatura na superfície sendo em média igual a ?180 graus Celsius, o ciclo de evaporação, a formação de nuvens e a chuva envolve o metano líquido ao invés da água. A formação de raios também é um fenômeno terrestre que possivelmente ocorre na espessa e rica em nitrogênio, atmosfera de Titã.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap110401.html

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.