ESA Planeja Fazer Em 2023 A Demonstração do Seu Estágio de Foguete Reutilizável

A ESA, a Agência Espacial Europeia está dando os primeiros passos na direção de demonstrar um protótipo de um primeiro estágio reutilizável de um foguete, chamado de Themis, e ela quer fazer isso em 2023.

O Programa Themis irá fornecer informações valiosas no valor econômico da reutilização para a Europa e irá provar tecnologias para uso potencial de futuros veículos lançadores da Europa.

O Themis é financiado com base nas decisões tomadas durante a chamada Space19+, avanços nas tecnologias para reutilização e para o desenvolvimento de uma abordagem mais ágil e menos custosa.

No dia 15 de dezembro de 2020, a ESA assinou um contrato de 33 milhões de euros com o primeiro contratante, o ArianeGroup na França para o Themis Initial Phase, ou como o nome já diz, Fase Inicial do Themis.

Essa primeira fase do Themis, envolve a preparação das tecnologias do veículo de voo, o teste de bancada e o teste estático em Vernon na França. Ele também inclui a preparação do segmento de solo no Esrange Space Center em Kiruna, na Suécia para os primeiros testes de “saltos” e para a realização de qualquer modificação que seja necessária de ser feita no veículo.

O objetivo com esse programa é completar os teste o mais rápido possível no ciclo de desenvolvimento. Isso fará com que se atinjam marcos tecnológicos importantes que irão acelerar o desenvolvimento e guiar a construção final.

O ArianeGroup e seus colaboradores na Bélgica, Suíça, França e Suécia, irão oferecer um know-how técnico crítico através do desenvolvimento do próximo motor da Europa, o Prometheus, que será o motor que via impulsionar o Themis.

O motor Prometheus da ESA é um motor com capacidade muito versátil e irá fornecer 1000 kN de empuxo e pode ser religado, o que faz com que ele tenha diversas aplicações, podendo ser um core, um booster ou até mesmo um estágio superior. Os computadores de bordo irão gerenciar o uso do motor e monitorar em tempo real, uma característica fundamental para a que ele seja reutilizável.

O Themis terá 30 metros de altura e 3.5 metros de diâmetro. Esse veículo demonstrador de um único estágio irá levar 130 toneladas de oxigênio e metano líquido para abastecer 3 motores Prometheus.

Os voos de teste suborbitais estão programados para acontecer em 2023 no Espaçoporto de Kourou na Guiana Francesa.

Dois locais de pouso estão sendo considerados, a “Diamant Zone”, usada para demonstrações experimentais, ou o complexo de lançamento do Ariane 5, que irá se tornar disponível depois da transição do Ariane 5 para o Ariane 6.

O Themis representará um avanço de tecnologias fundamentais e irá demonstrar as capacidades da Europa de reutilizar um foguete. Isso irá criar opções adicionais com a diminuição dos custo, e isso trará um aumento de acesso para o espaço, além de aumentar a flexibilidade da Europa em oferecer uma grande variedade de serviços de lançamento.

Com o motor Prometheus de demonstração, rodando com oxigênio/metano líquido ou oxigênio/hidrogênio líquido, o Themis irá levar ao desenvolvimento de soluções de lançadores de baixo custo, enquanto contribui para a transição de energia para um setor de lançadores espaciais mais responsáveis do ponto de vista ecológico.

Fonte:

[https://www.esa.int/Enabling\_Support/Space\_Transportation/ESA\_plans\_demonstration\_of\_a\_reusable\_rocket\_stage]

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.