DESCOBERTOS 19 NOVOS OBJETOS INTERESTELARES | SPACE TODAY TV EP2193

VISITE A LOJA DO SPACETODAY:

https://www.spacetodaystore.com

——————————————————————–

SEJA MEMBRO DO SPACE TODAY E AJUDE COM A CRIAÇÃO DE CONTEÚDO SÉRIA NA ÁREA DE ASTRONOMIA:

https://www.patreon.com/spacetoday

https://apoia.se/spacetoday

https://www.youtube.com/channel/UC_Fk7hHbl7vv_7K8tYqJd5A/join

——————————————————————–

Em 2017, o Oumuamua foi descoberto e espantou a todos quando foi dado como sendo de origem interestelar.

Ele foi o primeiro desse tipo de objeto descoberto.

Dois anos depois, os astrônomos descobriram o Cometa 2I/Borisov, o primeiro cometa de origem interestelar.

Eu já falei muito dos dois aqui nos vídeos.

E uma coisa que sempre falo nos vídeos é que os astrônomos logo vão descobrir muitos desses objetos, pois devem existir milhares deles vagando aqui pelo Sistema Solar.

Pois bem, esse dia chegou!!!

Mas já, como assim?

Os objetos como o Oumuamua e o Borisov, entram aqui, passam e vão embora, mas podem existir objetos que fiquem capturados pelo Sol e fiquem pelo Sistema Solar.

Com a participação da Helena Morais da UNESP, uma equipe de pesquisadores descobriu 19 objetos de origem interestelar.

Esses objetos são asteroides da família Centauro.

Os Centauros são asteroides que fiam localizados entre Júpiter e Netuno.

Esses objetos as vezes se comportam como cometas.

A Helena Morais e a sua colega de pesquisa desenvolveram uma simulação precisa da órbita desses objetos.

Com essa simulação foi possível voltar no tempo para tentar entender de onde esses objetos teriam vindo.

Elas descobriram que 19 desses objetos não faziam parte do disco que formou o Sistema Solar.

As simulações mostraram que esses objetos orbitavam o Sol num plano perpendicular ao movimento planetário no época de formação.

E mostraram também que eles estavam localizados muito longe do disco que deu origem aos asteroides do Sistema Solar.

Isso quer dizer que quando o Sistema Solar nasceu esses objetos não faziam parte do nosso sistema.

A hipótese é que o Sol arrancou esses asteroides de uma estrela que nasceu junto com ele no mesmo aglomerado de estrelas.

As pesquisadores querem continuar o trabalho, procurando por eventos específicos quando a captura de corpos interestelares era comum.

Óbvio que esses objetos são diferentes dos visitantes interestelares, eles seriam residentes, imigrantes, que vieram para ficar e não que estão só de passagem.

Mas mesmo assim não deixa de ser espetacular esse tipo de descoberta para o entendimento do nosso sistema.

Ainda vai vir muita novidade nessa área, fiquem ligados aqui no canal.

Fonte:

https://phys.org/news/2020-04-discovery-asteroid-population-solar.html

https://arxiv.org/pdf/2004.10510.pdf

#INTERSTELLARASTEROIDS #SOLARSYSTEM #SPACETODAY

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo