fbpx

Depois de 2 Meses De Investigação Comissão Descobre O Que Aconteceu Com o Foguete Vega

Será que todo mundo por aqui vai lembrar do lançamento do foguete Vega em Julho de 2019, que transmitimos ao vivo?

Para quem não lembra o foguete da Arianespace foi lançado no dia 10 de Julho de 2019 e estava levando o satélite FalconEye1, um satélite de observação da Terra, dos Emirados Árabes Unidos.

Porém, a missão não foi completada, o foguete desapareceu e a carga e o foguete foram dados como perdidos. Já no dia 11 de Julho foi montada uma comissão para investigar o acidente com o Vega, e agora quase dois meses depois do acidente, a comissão chegou a uma conclusão.

Uma anomalia causada por uma falha termo-estrutural no motor Z23 do segundo estágio do Vega causou o acidente. Esse motor, o Z23 é o motor do segundo estágio do foguete e é o motor que é usado para levar cargas de porte pequeno e médio para a órbita da Terra.

O Vega poderá voar novamente, para isso acontecer, será necessário tomar ações corretivas, tanto nos subsistemas, nos processos e nos equipamentos. Isso deve acontecer no começo de 2020, assim sendo, só teremos voo do Vega agora em 2020.

O foguete Vega tem 30 metros de altura e voou pela primeira vez em Fevereiro de 2012, realizou 14 missões consecutivas com sucesso antes do problema no lançamento de 10 de Julho de 2019. Essa missão era conhecida como VV15.

Com as causas identificadas, o trabalho agora é tomar as ações necessárias para que o Vega possa voltar a voar no primeiro quarto de 2020.

Fonte:

https://www.space.com/vega-rocket-launch-failure-cause-identified.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .