Crateras Na Lua Indicam Que Gigantescos Asteroides Bombardearam a Terra Há 800 Milhões de Anos

A Lua pode ter sido atingida por uma massiva tempestade de asteroides cerca de 800 milhões de anos atrás, quando cerca de 2 milhões de toneladas de rocha espacial atingiram o nosso satélite. Isso pode também ter tido consequências na Terra e poderia ter dado início a uma das mais brutais eras do gelo pela qual o nosso planeta passou.

É difícil medir a história da superfície da Terra, pois nosso planeta é vivo, sobre erosão, temos a vida, e tudo isso tende a cobrir as crateras e as evidências do que aconteceu no passado, mas na Lua podemos ir atrás dessas pistas. A Lua é uma testemunha da história do que aconteceu com o nosso Sistema Solar. Qualquer agrupamento de objetos que chegou perto o suficiente para atingir a Lua, muito provavelmente atingiu a Terra também, então isso nos dá pistas sobre o passado do nosso planeta.

A superfície da Lua, não tem erosão, então ela preserva a história de impactos do sistema Terra-Lua.

Um grupo de pesquisadores analisou 59 crateras da Lua para determinar a suas idades e descobriu que 8 delas, incluindo a grande cratera Copernicus, parecem ter se formado na mesma época, a cerca de 800 milhões de anos atrás. Considerando o tamanho das crateras, os pesquisadores calcularam que cerca de milhões de tone las de rocha provavelmente atingiram a Lua ao mesmo tempo.

Com base no tamanho relativo da Terra e da Lua e da proximidade dos dois objetos, os pesquisadores calcularam que se essa quantidade de rocha de fato bateu na Lua, cerca de 23 vezes mais massa de rocha bombardeou a Terra a partir da mesma nuvem de detritos espaciais. Isso é entre 30 e 60 vezes mais massa do que o asteroide de Chicxulub, o famoso asteroide que bateu na Terra, centenas de milhões de anos depois e extinguiu os dinossauros.

Seria uma visão dramática para qualquer um, mas nesse momento, nenhum tipo de vida complexa habitava a Terra. Do ponto de vista geológico, isso aconteceu rápido, mas na realidade isso deve ter se espaçado por dezenas de milhões de anos ou mais. Observar o que aconteceu teria sido algo chato, mas aterrorizante, uma morte lenta.

Esses momentos de terror podem ter colocado a Terra na era de gelo mais intensa que o nosso planeta passou durante o que é conhecido como período Criogiano. Contudo, muita coisa aí ainda é desconhecida, embora saibamos que isso marcou a superfície da Lua, não dá para ver e ter certeza dos efeitos aqui na Terra.

Aparentemente as coisas aconteceram na Terra no mesmo período, e os pesquisadores estão interessados em testar isso com dados geológicos. Esse não é o fim da história, na verdade é apenas o começo.

Fonte:

https://www.newscientist.com/article/2249457-moon-craters-hint-huge-asteroids-bombarded-earth-800-million-years-ago

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo