fbpx
24 de fevereiro de 2024

Sonda LRO Registra Imagem de Pico Escarpado e Material Derretido Por Impacto na Cratera Hayn na Lua


Devido à enorme energia gerada por um evento de impacto grandes porções de rochas atingidas são derretidas na formação das crateras da Lua. Esse material derretido por impacto forma fluxo distintos e depósitos tanto dentro como fora da cratera gerada. Em muitas crateras jovens, a câmera NAC da sonda LRO tem capturado depósitos que parecem ter sido formados ontem na Lua.

A imagem principal desse post mostra a parte norte do talude do pico central da cratera Hayn na Lua. Devido ao pico ser íngreme, ele é áspero e escarpado. Em muitos locais do pico, depósitos ondulados são vistos entre as escarpas e os blocos, esses depósitos são muito provavelmente formados por material derretido por impacto. Na história geológica, primeiro o pico central foi formado com o impacto e então o material derretido por esse impacto fluiu e se depositou. Se essa interpretação estiver mesmo correta você pode dizer que o pico se formou em questão de alguns segundos, rápido o bastante para que o material derretido que foi ejetado durante o impacto não tivesse tempo de aterrissar no pico. Medidas quantitativas desse tipo de afloramento na Lua usando novas imagens topográficas estereográficas obtidas com a câmera NAC da sonda LRO ajudarão a revelar como as crateras de impacto se formaram.

Fonte:

http://lroc.sese.asu.edu/news/index.php?/archives/504-Craggy-Peak,-Impact-Melts.html


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo