fbpx

Como o Gás no Interior dos Aglomerados de Galáxias Se Mantém Aquecido Por Bilhões de Anos?


14-296


observatory_15010541Um enorme mistério cósmico pode ter sido revelado. Os astrônomos sabiam por décadas que os aglomerados de galáxias, congregações de centenas de milhares de galáxias gravitacionalmente unidas pela matéria escura, estavam imersas dentro de uma enorme piscina de gás quente que pode ser prontamente vista por telescópios especializados em captar a luz no comprimento de ondas de raio-X. Esse gás que emite raio-X contém a grande fração de matéria normal do universo. Mas os aglomerados de galáxias são coisas antigas, e assim o gás que emite raio-X deveria eventualmente estar frio, e até mesmo formando fluxos densos e frios onde uma grande quantidade de estrelas poderiam se formar. Mas por alguma razão isso não acontece. O que então mantém as coisas quentes nesses aglomerados de galáxias? Detalhadas observações da distribuição espacial do gás quente como visto pelo Observatório de Raio-X Chandra, podem apontar o mecanismo de aquecimento. Dados de raio-X do Chandra foram usados para determinar as propriedades do gás quente ao redor de dois aglomerados de galáxias, o Aglomerado Virgo e o Aglomerado Perseus. A variação da pressão do gás quente sugere que movimentos caóticos do gás, ou turbulência, fornece o calor suficiente para que o gás localizado entre os aglomerados se mantenha aquecido por bilhões de anos. Acredita-se que essa turbulência seja produzida pela interação do gás quente com gigantescas cavidades geradas por buracos negros supermassivos nos centros de algumas das galáxias desses aglomerados. No vídeo abaixo, comento mais sobre essa notícia e você pode encontrar, no final desse post o artigo original onde a descoberta foi publicada.




Fonte:

http://heasarc.gsfc.nasa.gov/docs/objects/heapow/archive/large_scale_structure/clusterturbulence_chandra.html

alma_modificado_rodape10531

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .