Como Chamar Essas Crateras na Lua? Alguma Inspiração?

Em tempos passados crateras que tinham seu interior invadido por sombras eram chamadas de potes de tinta, aqueles usados nas antigas canetas tinteiro. As crateras, Grimaldi, Schroeter, Madler e Schmidt todas usaram penas e potes de tintas para serem descritas no passado, assim chamar uma cratera escurecida de pote de tinta era algo fácil. Mas nós não usamos essas antiguidades agora, então que nome devemos dar? Nada tão fácil e direto vem a mente – para algo moderno e escuro podemos pensar em um toner de impressora, mas a forma e o som não estarão de acordo. Um buraco negro que poderia ser uma descrição mais moderna, mas seria muito comparado aos buracos negros do universo. Esse é um problema comum. Vivemos em um mundo de modernidade, mas temos ainda certas rimas e dizeres, por exemplo, que se tornaram gradativamente não mais associado com as nossas vidas, Baa baa, o carneiro negro de onde se retirava a lã, que em certo momento foi o forte da economia inglesa, ou a expressão humpty dumpty que era sobre um canhão usado na Guerra Civil Inglesa que atingia um muro, entre outros. Mas alguns ditos populares antigos ainda soam como verdade: Ignorância, por exemplo, é o lado escuro da mente, uma noite sem lua, de acordo com o Confucius a 1500 anos atrás.

Fonte:

http://lpod.wikispaces.com/April+11%2C+2011

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.