fbpx
29 de fevereiro de 2024

Cometa Lovejoy É Fotografado Sobre o Observatório do Paranal no Chile


O cometa Lovejoy (C/2011 W3) que sobreviveu a um encontro imediato com o Sol no início do mês de Dezembro de 2011, já marcou seu lugar na história, pois após essa terrível aproximação com o Sol, o Lovejoy se tornou uma das maravilhas celestes dos céus do hemisfério sul da Terra. A imagem acima mostra o Lovejoy pouco antes do nascer do Sol como visto desde o Observatório do Paranal no Chile, a cauda do cometa pode ser vista claramente se esticando acima do horizonte leste. Se expandindo por mais de 20 graus as duas caudas do Lovejoy se projetam ao longo do plano da faixa da Via Láctea. O cometa Lovejoy proporcionou realmente um belo espetáculo, aparecendo juntamente com as estrelas do hemisfério sul da Terra e com nebulosas, incluindo a Grande e a Pequena Nuvem de Magalhães que podem ser vistas na imagem acima à direita do domo do telescópio, além de contracenar com o brilho da luz zodiacal, que na imagem aparece ao longo da borda esquerda do quadro (para mais imagens sensacionais do Lovejoy, visite: http://asterisk.apod.com/viewtopic.php?f=29&t=26281&hilit=lovejoy).  Com um dos telescópios que faz parte do complexo Very Large Telescope no Paranal, essa imagem de grande angular foi feita no dia 23 de Dezembro de 2011. Se afastando cada vez mais para longe do Sol, as caudas do cometa Lovejoy continuarão a brilhar mesmo com o cometa se apagando cada dia mais.

Comet Lovejoy above the Andes from Stéphane Guisard on Vimeo.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap111228.html


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo