fbpx
27 de fevereiro de 2024

O Cometa Garradd e o Aglomerado Globular M92

Movimentando-se vagarosamente pela constelação de Hercules, o Cometa Garradd, ou C2009/P1 passou a apenas 0.5 graus do aglomerado globular de estrelas M92 no dia 3 de Fevereiro de 2012. Registrado na imagem acima em seu último momento de encontro com o objeto Messier, o cometa permaneceu um pouco abaixo do limite de visibilidade a olho nu com uma coma central comparável em brilho ao denso e bem conhecido aglomerado de estrelas. A rica imagem telescópica obtida no Novo México, no começo da manhã, também apresenta a vasta forma de leque da cauda de poeira do Garradd e a cauda muito mais estreita de íon que se estende para além da borda direita da cena acima. Empurrada somente pela pressão da luz do Sol, a cauda de poeira tende a seguir o cometa ao longo de sua órbita enquanto que a cauda de íon, soprada pelo vento solar, é ejetada para fora do cometa na direção oposta ao Sol. Embora pareçam próximos na imagem acima, existe logicamente uma diferença marcante na distância dos dois objetos em relação à Terra. O aglomerado M92 está localizado a mais de 25000 anos-luz de distância da Terra, enquanto que o cometa Garradd está localizado a 12.5 minutos luz da Terra, arqueando sobre o plano da eclíptica.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap120204.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo