fbpx
29 de fevereiro de 2024

Comemoração HST20: Novos Pilares da Criação

Como foi divulgado no mundo inteiro e até aqui nesse blog, a NASA lançou uma nova imagem do Hubble de uma pequena porção do maior berçário de estrelas conhecido, a Nebulosa da Carina, com o objetivo de comemorar os 20 anos do telescópio em órbita terrestre. A Nebulosa da Carina envolve alguns aglomerados abertos além de duas das estrelas mais massivas e mais brilhantes da Via Láctea, a Eta Carinae e a HD 93129A, localizadas respectivamente a 6500 e 10000 anos-luz de distância da Terra. Essas estrelas têm mais de 80 vezes a massa do Sol, são muito raras e produzem mais de um milhão de vezes mais luz que o Sol, somente poucas dezenas de estrelas na galáxia são tão grande como essas. E essas estrelas estão no limbo da sua existência, localizadas próximas ao Limite de Eddington, ou seja, o limite de pressão onde a sua radiação é tão forte que pode começar a contra-atacar a gravidade resultando numa possível supernova ou hipernova.

As torres com três anos-luz de altura de hidrogênio líquido lembra muito a imagem de 1995 dos Pilares da Criação. Esses novos pilares estão sendo empurrados à medida que estrelas jovens são enterradas dentro de seus jatos de gás.

Fonte:

http://www.stumbleupon.com/su/8SVel6/www.dailygalaxy.com/my_weblog/2010/04/image-of-the-day-the-creation-nebula.html/r:t

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo