fbpx
24 de fevereiro de 2024

Clássica Comparação Coloca Lado a Lado Desenho Impressionante da Lua e Imagem Moderna


A edição de Dezembro de 2011, da British Astronomical Association Lunar Section Circular (que você pode encontrar na íntegra ao final desse post) usa essa maravilhosa pintura de John Russell para promover o principal artigo dessa edição, sobre cores da Lua. Esse talvez seja o desenho mais preciso da superfície da Lua já feito. Russell foi um artista profissional e a comparação feita acima com uma imagem moderna de alta qualidade da Lua mostra quão boa foi sua reprodução do nosso satélite natural. Sua apresentação de tonalidades das áreas iluminadas e escuras foi excelente, nenhum outro desenho da Lua capturou tantas sutilezas de tonalidades como as que são mostradas nessa imagem. Ele até incluiu em seu desenho pequenos detalhes de albedo como as crateras com halo escuros encontradas no interior da Alphonsus e os raios em forma de borboleta da Messier. Como aconteceu com muitos artistas que desenharam a Lua, Russell exagerou o tamanho de algumas feições, sua reprodução da Copernicus e da Posidonius aparecem bem maiores e o Alpine Valley é mostrado mais largo do que ele realmente é. O entendimento sobre a Lua poderia até não ter progredido tão rapidamente se mais artistas do calibre de Russell tivessem desenhado nosso satélite, mas com certeza teríamos menos confusão sobre possíveis mudanças, normalmente devido aos pobres desenhos a que temos acesso, e teríamos também mais obras primas sobre a Lua.

2011 12-lsc

View more documents from Sergio Sancevero

Fonte:

https://lpod.wikispaces.com/December+6%2C+2011



Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo