Chuva Pesada em Mercúrio

Essa imagem da superfície de Mercúrio feita pela sonda MESSENGER que está em sua órbita revela uma abundância de crateras que possuem aproximadamente 5 km em diâmetro. Essas são provavelmente crateras velhas e secundárias, formadas à medida que grandes pedaços de rochas foram ejetados pelo impacto que formou a bacia como se fosse uma chuva socando a superfície.

Fonte:

http://messenger.jhuapl.edu/gallery/sciencePhotos/image.php?page=1&gallery_id=2&image_id=507

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo