Catálogo de Fontes de Raios-Gamma de Todo o Céu Feito Pelo FERMI

O que brilha no céu de raios-gamma? A mais completa resposta para essa questão é oferecida pelo primeiro catálogo de todo o céu feito pelo Telescópio Fermi de Raios-gamma. As fontes de raios-gamma do Fermi retrata os aceleradores de partículas mais energéticos da natureza, produzindo fótons entre 100 MeV a 100 GeV, ou seja, fótons com uma energia entre 50 milhões e 50 bilhões de vezes mais energéticos que a luz. Destiladas por 11 meses de dados obtidos na análise do céu usando o Large Area Telescope (LAT) do Fermi, as 1451 fontes catalogadas incluem explosões de estrelas em galáxias com alta energia e núcleos de galáxias ativas (AGN) além da Via Láctea. Mas dentro da nossa galáxia existem muitos pulsares, nebulosas com ventos, remanescentes de supernovas, estrelas binárias de raios-X e micro quasares. O mapa de todo o céu do Fermi é mostrado tendo como centro a Via Láctea com a difusa emissão de raios-gamma proveniente do plano galáctico e correndo horizontalmente através da tomada. Até o momento, 630 das fontes catalogadas na energia dos raios-gama não foram identificadas e nem associadas com fontes detectadas em energias mais baixas.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap100318.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo