Caronte: O Maior Satélite de Plutão

Uma região escura e misteriosa no polo norte conhecida por alguns como Mordor Macula se destaca nessa imagem de alta resolução. Esse aí é Caronte, o maior satélite de Plutão. Esse retrato de Caronte, foi feito pela sonda New Horizons no dia 14 de Julho de 2015. Os dados obtidos pelos filtros azul, vermelho e infravermelho foram combinados e processados de modo a realçar as cores e as variações nas propriedades da superfície de Caronte, gerando essa bela imagem final com uma resolução de 2.9 quilômetros. Nessa imagem também se destaca de forma evidente, um cinturão de fraturas e cânions que Caronte tem no seu equador, que parece separar os terrenos mais suaves do hemisfério sul do satélite, do terreno mais variado na porção norte. Caronte tem 1214 quilômetros de diâmetro. Isso é 1/10 do tamanho da Terra, mas é metade do diâmetro de Plutão e isso faz de Caronte o maior satélite do Sistema Solar em tamanho relativo ao seu corpo principal. Em destaque pode-se ver uma imagem histórica, nessa imagem, Caronte aparece como uma protuberância pequena na posição de 1 hora do relógio. Essa imagem granulada, em negativo foi feita pelo telescópio do Observatório Naval dos EUA em Flagstaff, em Junho de 1978 e foi usada por James Christy e Robert Harrignton para descobrir o satélite de Plutão.

Fonte:

[https://apod.nasa.gov/apod/ap180706.html]

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.