Canais em Buracos Polares em Marte

Essa imagem mostra visões parciais de dois buracos em altas latitudes. Esses buracos polares contém canais, feições de talude de pequena escala que acredita-se necessitaram no passado de uma determinada quantidade de líquido para se formarem.

Alguns dos canais possuem múltiplas raízes e leques de detritos a partir de numerosos fluxos que ocorreram com o decorrer do tempo. Muitos dos canais são vistos como se tivessem se originado nas camadas de rocha nas bordas dos buracos. Essa camada está se deteriorando e lançando rochas que pode ser vistas como se estivessem rolando pela parede abaixo dos buracos. O material brilhante próximo das bordas dos buracos é provavelmente resultado do congelamento sazonal.

O que é particularmente interessante sobre esses canais é que alguns ainda podem estar em formação. Os canais nas paredes possuem vales incisivos mais somente alguns possuem canais bem desenvolvidos.

Essa poderia ser uma região de atual formação de canais. Suportando essa hipótese está o fato de que existem conjuntos de depressões entre os canais visíveis, sugerindo o desenvolvimento de canais onde a água e/ou material removido da subsuperfície causou o soterramento da superfície até o seu colapso. Também é possível que a água originada na superfície esteja cavando essas depressões, embora seja difícil derreter o gelo de água nas temperaturas encontradas nessa localização em particular.

Fonte:

http://www.uahirise.org/PSP_004988_1085

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.