fbpx

Câmera HiRISE da Sonda MRO Registra o Movimento de Dunas em Marte


Agora, que a câmera HiRISE tem retornado os dados de sua primeira órbita científica ao redor de Marte desde 2006, tem sido possível documentar as mudanças de posição das dunas de areia e das ondulações na superfície do planeta.

Aqui é mostrado um exemplo, que ilustra as mudanças ocorridas nas dunas de areia, localizadas dentro de uma cratera na região de Systis Major em Marte. Abaixo temos uma comparação entre as imagens, a primeira imagem feita em 16 de Dezembro de 2007 e uma outra imagem feita em 11 de Setembro de 2011.

O intervalo de tempo é de aproximadamente dois anos marcianos, o que pode ser confirmado pelo fato da iluminação geométrica ser praticamente a mesma nas duas imagens. Além disso, a sonda MRO que carrega a câmera HiRISE fez ambas as imagens com aproximadamente o mesmo ângulo. Com o ângulo de visada e com a iluminação semelhantes as mudanças podem ser vistas com clareza. A imagem abaixo mostra uma série de imagens detalhadas começando numa parte do campo da duna e terminando na sua face lateral. A outra imagem abaixo, mostra como a face da duna, e as ondulações em sua superfície têm mudado com o passar de dois anos em Marte.

As dunas parecem ter se movido alguns metros. Isso demonstra que essa região de Marte possui ventos fortes o suficiente para movimentarem um significante volume de areia.

Fonte:

http://hirise.lpl.arizona.edu/ESP_024025_2005


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .