Buracos Negros Podem Transformar Exoplanetas – Space Today TV Ep.1128

Muita gente sempre pergunta, o que aconteceria se a Terra estivesse próxima a um buraco negro supermassivo, será que nós existiríamos ainda, como seriam as coisas nos planetas do Sistema Solar, essas são questões que sempre aparecem.

Felizmente, o buraco negro no centro da nossa galáxia, está a uma distância segura, cerca de 26 mil anos-luz de distância da Terra, o que não nos afeta diretamente em nada, mais perto da Terra, temos outros buracos negros, mas esses de massa estelar, que também não causam tanto efeito.

Mas e se um planeta existir ali, nas imediações do centro da Via Láctea, relativamente perto do Sagittarius A*?

Pensando nisso, um grupo de pesquisadores resolveu fazer esse estudo.

Estudaram o efeito da radiação de alta energia que é emanada do disco de acreção do buraco negro num planeta localizado a aproximadamente 70 anos-luz de distância do buraco negro.

O estudo mostrou que a radiação de alta energia do Sagittarius A* poderia soprar para longe uma boa parte da espessa atmosfera gasosa de um exoplaneta do tipo mini-Netuno, deixando para trás um exoplaneta que seria então uma super-Terra rochosa.

As super-Terras são um dos tipos de exoplanetas mais descobertos pelos astrônomos, e a sua formação poderia ser exótica.

Para os pesquisadores, esse processo de formação, ou melhor de transformação seria a maneira mais comum com a qual uma super-Terra se forma no centro da galáxia.

Falando de habitabilidade desses exoplanetas, alguns poderiam sim existir na zona habitável de suas estrelas, mas a vida ali seria complicada, devido a alta taxa de explosão de alta energia emitindo raios-gamma geradas por supernovas e a própria radiação emitida pelo buraco negro que podera erodir por completo a atmosfera de um exoplaneta acabando com a vida.

Mas, um exoplaneta ali, já que é uma região repleta de estrelas, poderia ser capturado por uma estrela, e ser retirado dali, ou poderia ser jogado em direção ao buraco negro, dependendo do tipo de perturbação que ele sofreria.

É meio contra-intuitivo, mas num ambiente tumultuado como esse, poderia ter o favorecimento de um tipo de panspermia onde a vida é passada via contato interplanetário ou interestelar.

Detectar exoplanetas no centro da Via Láctea, não é uma tarefa fácil, é uma região repleta de gás, poeira, e muitas estrelas, o que dificulta muito a detecção, mas os telescópios de nova geração, como o ELT, poderiam buscar por exoplanetas sim nessa região, ou usando a técnica do trânsito, ou utilizando o estudo da estrela e buscando por traços de elementos atmosféricos de exoplanetas.

Os astrônomos que realizaram esse estudo, esperam agora a inauguração dos novos telescópios de próxima geração para tentar encontrar esses exoplanetas e estudá-los da melhor forma possível.

Fonte:

https://www.space.com/39828-black-hole-bursts-create-super-earths.html

https://news.harvard.edu/gazette/story/2018/02/black-hole-blasts-may-transform-mini-neptunes-into-rocky-worlds/

Artigo:

https://arxiv.org/pdf/1711.06692.pdf

Padrim do Space Today Para a Volta das Lives!!!

https://www.padrim.com.br/spacetoday

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Seja um apoiador do Space Today:

https://apoia.se/spacetoday

=====================================================

Conheça a Agência Marcos Pontes e torne o seu sonho de conhecer o ESO em realidade:

http://www.agenciamarcospontes.com.br

http://www.agenciamarcospontes.com.br/visita-observatorios-telescopios-eso-atacama-viagem.php

=====================================================

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Apoio e apresentação:

http://deviante.com.br

A nova casa do SciCast

=====================================================

Science Vlogs Brasil:

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/featured

http://scienceblogs.com.br/sciencevlogs/

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/channels?view=60

=====================================================

Meus contatos:

BLOG: https://spacetoday.com.br

FACEBOOK: http://www.facebook.com/spacetoday

TWITTER: http://twitter.com/spacetoday

YOUTUBE: http://www.youtube.com/spacetodaytv

Obrigado pela audiência e boa diversão!!!

=====================================================

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.