Atmosfera Marciana Começa a ser Analisada Um Ano Antes da Chegada da Curiosity

Como estará a atmosfera de Marte quando a próxima sonda enviada pela Terra descer no planeta vermelho em Agosto de 2010? Um instrumento que tem como objetivo estudar a atmosfera marciana a partir da órbita começou uma campanha de quatro semanas para caracterizar diariamente as mudanças na atmosfera de Marte um ano marciano antes da chegada do Mars Science Laboratory – Curiosity. Um ano em Marte eqüivale a 687 dias terrestres.

A fina atmosfera do planeta de dióxido de carbono possui ciclos de condições que são  altamente repetitivos de um ano para outro no mesmo período do dia e na mesma estação quando é primavera e o verão no hemisfério norte marciano.

O instrumento chamado de Mars Climate Sounder a bordo da sonda Mars Reconnaissance Orbiter da NASA irá mapear a distribuição da temperatura, poeira e gelo de água na atmosfera. As variações na temperatura com a altitude indicam o quão rápido a densidade do ar muda e isso é importante para determinar com que taxa a sonda precisa ser desacelerada durante a sua descida em Marte.

“Estamos a exatamente um ano marciano antes que a Curioisty chegue a Marte”, disse o cientista atmosférico David Kass do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA em Pasadena, Califórnia. “Essa campanha irá nos fornecer um conjunto de observações que irão suportar a equipe de engenharia da Mars Science Laboratory e a equipe de gera modelos atmosféricos de Marte. As informações irão funcionar como fatores de restrição ao clima esperado durante a época do pouso em Marte. Com isso será possível também definir o intervalo de possíveis condições climáticas que serão enfrentadas durante o dia do pouso”.

Durante os quatro anos que o Mars Climate Sounder tem estudado a atmosfera marciana, suas observações têm medido as condições somente três horas pela tarde e três horas pela manhã. Para a nova campanha, a equipe que cuida do instrumento está inaugurando um novo modo de observação, observando ambos os lados bem como adiantando as observações. Isso fornece visões da atmosfera mais cedo e mais tarde no dia e por mais de uma hora cobrindo assim os possíveis períodos do dia em que a sonda irá passar na atmosfera do planeta antes de pousar no mesmo.

Fonte:

http://marsprogram.jpl.nasa.gov/news/whatsnew/index.cfm?FuseAction=ShowNews&NewsID=1065

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.