As Terras Baixas no Hemisfério Norte de Mercúrio

Essa imagem mostra uma visão em perspectiva, olhando em direção ao norte de Mercúrio e que foi colorida de modo a refletir a altura das feições topográficas do planeta. A cor roxa representa as áreas mais baixas enquanto que a cor branca representa as áreas mais altas. Como mostrado anteriormente (imagem abaixo), a variação total das feições topográficas medidas em Mercúrio é de aproximadamente 10 km. As crateras Rubens e Monteverdi, com diâmetros de 159 km e de 134 km respectivamente, estão localizadas perto da parte central da imagem. As vastas planícies do hemisfério norte de Mercúrio se estendem para fora do limbo superior do planeta nessa imagem, tendo uma altura mais baixa com relação à superfície vizinha.

Fonte:

http://messenger.jhuapl.edu/gallery/sciencePhotos/image.php?page=1&gallery_id=2&image_id=913

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo