Além da Compreensão Humana: O Mais Massivo Buraco Negro no Universo Observável Tem Um Horizonte de Eventos de 20 Bilhões de Km

O buraco negro no centro da galáxia M87 localizado a 50 milhões de anos-luz de distância é o buraco negro mais massivo que teve sua massa j’amedida com precisão – 6.6 bilhões de vezes a massa do Sol. Usando o Frederick C. Gillett Gemini Telescope em Mauna Kea, no Havaí, uma equipe de astrônomos calculou a massa do buraco negro, que é muito maior do que o buraco negro que está localizado no centro da Via Láctea, que tem aproximadamente 4 milhões de vezes a massa do Sol. Os astrônomos Karl Gebhardt da University of Texas, Austin, disse que o evento de horizonte do buraco negro, com 20 bilhões de quilômetros de diâmetro “poderia engolir todo o Sistema Solar”.

Com o objetivo de calcular a massa do buraco negro, os astrônomos mediram com qual velocidade as estrelas ao redor orbitam o buraco negro. Eles encontraram que, na média, as estrelas orbitam o objeto a uma velocidade de 500 km/s (para comparação, o Sol orbita o buraco negro no centro da Via Láctea a aproximadamente 220 km/s). A partir dessas observações, os astrônomos poderiam então apresentar o que eles chamam da mais precisa estimativa para a massa de um buraco negro supermassivo.

A equipe teorizou que o buraco negro da M87 cresceu até esse seu magnífico tamanho através da fusão com alguns outros buracos negros. A M87 é a maior, e mais massiva galáxia localizada no chamado universo próximo, e acredita-se que ela tenha se formado pela fusão de mais de 100 galáxias menores.

O grande tamanho do buraco negro da M87 e a sua relativa proximidade, fizeram os astrônomos pensar que eles poderiam pela primeira vez “ver” um buraco negro.

Cálculos futuros podem tentar calcular o tamanho de um outro buraco negro que possui uma massa grosseiramente estimada em 18 bilhões de massas solares e que está localizado em uma galáxias há 3.5 bilhões de anos-luz de distância.

Fonte:

http://www.dailygalaxy.com/my_weblog/2011/01/beyond-human-comprehension-the-most-massive-black-hole-in-the-observable-universe-an-event-horizon-2.html

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo