fbpx
22 de fevereiro de 2024

A Região de Shalbatana Vallis Em Marte


Shalbatana Vallis é um antigo vale fluvial em Marte, localizado no quadrângulo de Oxia Palus a 7.8° latitude norte e 42.1° longitude oeste. Este é o canal situado no extremo oeste dentre os canais de escoamento em Chryse. Começando em uma região de terreno caótico, a 0° latitude e 46° longitude oeste, este vale termina em Chryse Planitia.

Shalbatana Vallis contém as primeiras evidências definitivas de uma margem de um corpo de água marciano. Essa margem era parte de um antigo lago medindo 80 quilômetros quadrados (80 km²) em tamanho e 460 metros em profundidade. Um estudo executado utilizando-se imagens da HiRISE indica que a água formou um cânion medindo 48 km que se abriu em um vale, depositou sedimentos e criou um delta. Este delta e outros ao redor da bacia implicam na existência de um vasto e duradouro lago. É de especial interesse a evidência de que o lago se formou após um período em que se especula que o clima quente e úmido já tinha chegado ao fim. Dessa forma, os lagos podem ter estado presente por um período muito mais extenso do que se supunha. Shalbatana significa “Marte” em acadiano.

A imagem acima obtida pelo instrumento THEMIS da sonda Mars Odyssey mostra dois pequenos canais tributários um pouco a leste de onde eles se encontram com o Shalbatana Vallis.

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Shalbatana_Vallis

http://themis.asu.edu/node/5765


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo