A Região da Straight Wall na Lua em Fantástica Imagem de Ângulo Baixo

Normalmente algumas imagens feitas da Lua, por exemplo, por astrônomos amadores são trabalhadas e processadas para se destacar determinadas feições. Algumas vezes esse processamento pode estar em conflito com o objetivo principal do astrônomo ao fazer a imagem, mas ao mesmo tempo sabe-se que com um pequeno processamento feições até então escondidas ou pouco detalhadas podem revelar detalhes surpreendentes. A imagem acima da Lua feita uma iluminação coo Sol muito baixo é um exemplo disso. Essa imagem mostra como feição principal a estrutura na Lua conhecida como Straight Wall. A imagem original tinha como objetivo mostrar a parede mergulhada na sombra e o domo separado por uma vala que o atravessa. Mas outras feições como cadeias de montanhas e bulbos sutis podem também ser notadas e comentadas. O delicado canal antigo que se aproxima da Straight Wall formando quase que um ângulo reto é atualmente bem conhecido e documentado. Uma feição similar mais apagada de provavelmente um canal enterrado se estende desde a Birt em direção sudoeste. Após observar essa feição nessa imagem é possível retornar em imagens antigas e ver que ela sempre esteve lá mas não era notada. No mesmo lado desse canal fantasma existem também domos fantasmas. Para o norte um pouco acima de uma pequena cratera de impacto existe um provável domo entre 4 e 5 vezes mais largo que a cratera. Para o sul desse possível canal existe um domo muito mais largo aparentemente se ondulando em direção a cadeia de mar que define a parede oeste da feição conhecida como Ancient Thebit, a cratera que contém a Straight Wall. O lado oeste desse domo putativo parece ser cortado por uma vala curva, mas essa feição, por exemplo, não aparece no mapa feito pela sonda LRO. Existem provavelmente mais estruturas enterradas (indicadas por cadeias de mares) fora da Ancient Thebit do que dentro, mas pode-se notar que existe uma aparente cratera fantasma ao redor da pequena cratera de impacto Birt B a oeste do Canal Birt. Todos nós, logicamente amamos as imagens feitas por sondas na órbita da Lua, principalmente pela sonda LRO mas até que essas sondas acumulem dados e imagens suficientes para que se possa fazer um mosaico com imagens obtidas com o Sol em baixo ângulo, continuaremos a fazer incríveis descobertas com imagens feitas da Terra por meio de telescópios como essa aqui apresentada.

Fonte:

https://lpod.wikispaces.com/June+12%2C+2011

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.