A ORIGEM DAS MAGNETARS | SPACE TODAY TV EP1983

As magnetars, são as estrelas que possuem o campo magnético mais intenso no universo.

Porém, como elas se formam, como uma estrela de nêutrons se transforma numa magnetar? Esse é um mistério, ou melhor, mais um, que sempre atormentou a mente dos astrônomos.

As estrelas de nêutrons, nós sabemos representam a morte de estrelas massivas no universo, já são estrelas extremamente magnetizadas, giram rapidamente, algumas emitem pulsos e são chamadas de pulsares, e em alguns casos elas se transformam em magnetars.

Mas o que acontece para ocorrer essa transformação, até então era um mistério para a astronomia.

Os astrônomos já haviam sugerido como campos magnéticos tão intensos poderiam ser formados.

Para eles, isso acontecia quando duas estrelas colidiam, porém até agora não se tinha como testar essa hipótese.

Mas agora, com todo o desenvolvimento computacional existente, é possível criar simulações e testar a hipótese da colisão de estrelas para formar uma magnetar.

Um grupo de pesquisadores então usou um código computacional que realiza uma simulação magnetohidrodinâmica tridimensional, uma chamada MHD, para estudar a formação das magnetars.

Eles partiram de um sistema binário de estrelas, com uma estrela com 8 vezes a massa do Sol e outra com 9 vezes a massa do Sol.

Realizaram a colisão entre essas estrelas, e a colisão gerou uma estrela com 17 vezes a massa do Sol, bem parecida com a estrela tau Scorpii.

Durante o processo de fusão das estrelas ocorre uma forte turbulência, e essa turbulência por sua vez, gera o intenso campo magnético.

Essa estrela com 17 vezes a massa do Sol, continua a sua vida, e então quando ela explodir como supernova, o que restar dessa explosão forma uma magnetar.

Uma magnetar tem um campo magnético que é cerca de 100 milhões de vezes mais intenso do que o campo magnético mais intenso já produzido pelo ser humano.

Saber a origem de uma magnetar é muito importante, pois as magnetars são atualmente a nossa melhor aposta para a origem das misteriosas FRBs.

Isso quer dizer que um estudo pode levar a outro, a origem da magnetar pode nos ajudar a entender a origem das explosões mais misteriosas do universo.

Fontes:

https://phys.org/news/2019-10-theorize-magnetars-strongest-magnets-universe.html

https://www.nature.com/articles/s41586-019-1621-5.pdf

#Magnetars #ColisãoDeEstrelas #CamposMagnéticos

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.