A Nebulosa do Olho do Gato

A três mil anos-luz de distância, uma estrela moribunda emite suas conchas de gás brilhante. Essa imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble revela a Nebulosa do Olho do Gato como sendo uma das mais complexas nebulosas planetárias conhecidas. De fato, as feições vistas no Olho do Gato são mais complexas do que os astrônomos suspeitam, já que o objeto central brilhante pode na verdade ser um sistema estelar binário. O termo nebulosa planetária, usado para descrever essa classe de objetos, pode ser não muito bem entendido. Embora esses objetos possam parecer redondos como planetas em pequenos telescópios, as imagens de alta resolução tanto de observatório espaciais como dos potentes telescópios na Terra revelam que eles na verdade são estrelas circundadas por casulos de gás emitidos nos estágios finais de evolução estelar.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap120826.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo