A Nebulosa do Anel

Há centenas de anos atrás os astrônomos notaram uma nebulosa com uma forma não muito comum, que é conhecida hoje em dia como M57 ou NGC6720, a nuvem de gás tem 500 vezes o diâmetro do Sistema Solar, e faz com que esse objeto seja conhecido como Nebulosa do Anel – uma nebulosa planetária, uma nuvem de gás emitida no fim da vida de uma estrela como o Sol. Sendo uma das mais brilhantes nebulosas planetárias no céu, a Nebulosa do Anel pode ser observada com pequenos telescópios. A Nebulosa do Anel está localizada a 4000 anos-luz de distância na constelação da Lira. Nessa imagem do Telescópio Espacial Hubble, filamentos de poeira e glóbulos são visíveis longe da estrela central, indicando que a Nebulosa do Anel não é esférica, mas sim cilíndrica.

Fonte:

http://www.stumbleupon.com/su/1L2LEn/www.dailygalaxy.com/my_weblog/2010/03/image-of-the-day-the-ring-nebula.html/r:t

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo