fbpx

A Nebulosa do Anel WR 134

Feita com filtros de banda curta e longa, esse retrato cósmico colorido cobre um campo de visão que tem o tamanho aproximado da Lua Cheia e fica localizado dentro dos limites da constelação de Cygnus. A imagem acima destaca a borda brilhante de uma nebulosa parecida com um anel traçada pelo brilho dos gases hidrogênio e oxigênio ionizados. Mergulhados nas nuvens interestelares da região de gás e poeira, os arcos brilhantes complexos são seções de bolhas ou conchas de material varrido pelo vento da estrela Wolf-Rayet WR 134, a estrela mais brilhante da imagem perto do centro da imagem. A distância estimada coloca a WR 134 a aproximadamente 6000 anos-luz, fazendo com que a imagem acima tenha mais de 50 anos-luz de diâmetro. Expelindo seus envelopes externos com poderosos ventos estelares, as estrelas massivas Wolf-Rayet estão queimando seu combustível nuclear numa taxa elevada e estão terminando essa fase final da evolução de uma estrela massiva numa espetacular explosão de supernova. Os ventos estelares e as supernovas finais enriquecerão o material interestelar com elementos pesados que no futuro serão incorporados em outras gerações de estrelas.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap120621.html

 

 

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .