A Nebulosa da Cabeça do Cavalo e a Grande Nebulosa na Constelação de Orion

Esse mosaico constituído de quatro imagens mostra dois dos mais famosos objetos no céu de inverno do hemisfério norte, localizados na constelação de Orion, a Nebulosa da Cabeça do Cavalo na parte central esquerda da imagem e a Grande Nebulosa de Orion na parte superior direita. Eles estão a aproximadamente 1500 anos-luz de distância e são bem conhecidos por serem verdadeiros berçários estelares onde novas estrelas se formam a uma elevada taxa. Eles também são suficientemente brilhantes para serem observados usando binóculos poderosos ou até mesmo pequenos telescópios. Em imagens de longa exposição, como essa acima, pode-se ver que a Nebulosa da Cabeça do Cavalo e a Grande Nebulosa de Orion estão na verdades conectadas e são parte do mesmo imenso sistema de nebulosa. É possível notar ainda na parte superior esquerda duas estrelas brilhantes que são duas das três estrelas do Cinturão de Orion. A estrela da esquerda, Alnilam (na parte superior esquerda) é aproximadamente 375000 vezes mais luminosa que o nosso Sol.

Fonte:

http://epod.usra.edu/blog/2011/06/great-orion-and-horsehead-nebulas.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo