A Lua, Sempre Nova e Convidativa

Bem vindos ao espaço lunar! É impressionantes como quando observadas do correto ponto de vista algumas imagens da Lua lembram verdadeiras obras de arte, e entre elas se procurarmos com certeza muitos classificariam essa imagem da paisagem lunar feita com o observador olhando em direção ao Sol nas Colinas Esculpidas no local de pouso Taurus-Littrow. Como uma neve pura e intacta essa paisagem lunar que brilha na luz do Sol é uma paisagem relativamente inexplorada, sem pegadas. Na verdade a maior parte da superfície lunar se parece como essa, esperando por novos exploradores e pronta para levantar poeira. O detalhe na imagem acima, mostra uma pintura do artista Robert McCall, que faz com que o espaço pareça ser um local quente e convidativo para uma visita. É difícil imaginar o pesado vácuo e a forte radiação que na realidade está inundando essa cena, que à distância parece calma e tranquila. Para se ter uma ideia de como a Lua é pouco explorada, embora as novas missões estejam esquadrinhando toda a sua superfície, existem pequenas amostras lunares, totalizando 100 gramas recolhidas nas últimas 3 missões que ainda se encontram seladas em pequenos compartimento fechados a vácuo que ainda não foram abertos. No momento existem pedidos para estudar essas amostras para ver se agora é o momento correto para abrí-los, ou se eles devem esperar mais avanços tecnológicos e questões científicas para o futuro. Eles podem mostrar novos materiais lunares que podem ser encontrados em locais da superfície da Lua como esse mostrado na imagem. Os pesquisadores ficam se perguntando quais mistérios lunares que essas amostras podem ajudar a responder?

Fonte:

http://lpod.wikispaces.com/February+7,+2011

 

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo