A Lua Como Observada Pela Sonda MESSENGER

A sonda MErcury Surface, Space ENvironment, GEochemistry, and Ranging (MESSENGER) tornou-se a primeira sonda a entrar na órbita de Mercúrio. A inserção na órbita aconteceu no dia 18 de Março de 2011 às 0045 UTC, ou 21:45 do dia 17 de Março de 2011, hora de Brasília. A sonda MESSENGER viajou aproximadamente 4.9 bilhões de milhas para alcançar o ponto onde realizou a inserção na órbita. Aqui é possível encontrar mais detalhes sobre a manobra de inserção de órbita: http://messenger.jhuapl.edu/mer_orbit.html.

Em homenagem a MESSENGER a imagem da Lua vista acima foi feita pela sonda no dia 31 de Julho de 2005 menos de um ano depois da sonda ter sido lançada desde o Cape Canaveral. A imagem da Lua foi feita pela Wide Angle Camera (WAC) da MESSENGER, que faz parte do Merdury Dual Imaging System (MDIS). Na época em que a imagem foi feita a sonda estava a aproximadamente 992814 km de distância da Terra. Essa imagem não foi feita simplesmente pelo fato da Lua ser bonita e inspiradora, ela serve também para ajudar a equipe da MESSENGER para calibrar a câmera e o espctrômetro. A Lua é um bom alvo para calibração pois sua cor e sua reflectância são medidas com muitos instrumentos, então desse modo se tem uma excelente base para se realizar as comparações entre os instrumentos com diferentes características. Em outras palavras  é uma maneira de conferir com qualidade a calibração realizada da Terra.

A LROC é um novo e importante contribuidora para o entendimento de como a luz interage com a superfície lunar especialmente nos comprimentos de onda do ultravioleta. Em particular as novas imagens WAC ajudarão a calibrar os dados obtidos com o espectrômetro MESSENGER MASCS, que media a Lua no mesmo momento em que a câmera MDIS fazia essa imagem.

A visão do MESSENGER MDIS é centrada em -60°, 280°. O Mare Orientale é a pequena mancha escura na parte superior esquerda. Para uma detalhada imagem do Mare Orientale pode-se acessar a recente imagem feita pela LROC (http://lroc.sese.asu.edu/news/index.php?/archives/347-LROC-PDS-Release-Number-5.html). O mesmo ponto de vista da MESSENGER foi usado para criar uma imagem a partir dos dados da LROC, vista abaixo.

Após a inserção orbital da MESSENGER, os cientistas testarão os sistemas da sonda para garantir que todos os instrumentos estão funcionando em perfeito estado. Essa verificação é parte importante pois a sonda irá morar num ambiente termicamente complicado ao redor de Mercúrio. O planeta Mercúrio é o mais próximo do Sol estando a apenas 0.3 Unidades Astronômicas de distância. No dia 4 de Abril de 2011 a fase científica da missão MESSENGER irá começar e com essa fase da missão dados científicos sobre Mercúrio serão enviados à Terra quase que diariamente por um período de no mínimo um ano. Para mais informações sobre a MESSENGER visite a página da NASA dedicada a essa missão: http://www.nasa.gov/mission_pages/messenger/main/index.html

Fonte:

http://lroc.sese.asu.edu/news/index.php?/archives/339-The-Moon-as-seen-by-MESSENGER!.html

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.